Categoria: Emagrecimento

Você não está surpreso com o número de vezes que podemos cair nos mesmos erros sem aprender com eles?

Você não está surpreso com o número de vezes que podemos cair nos mesmos erros sem aprender com eles?

Esse aprendizado tem a resposta para o problema, mas preferimos passar e tentar novamente como de costume.

Tropeçar na mesma pedra quando você quer perder peso é muito comum. Afinal, apenas um caminho é mostrado: o das dietas. Então, passamos por isso de novo e de novo, até chegarmos à mesma rua sem saída.

Leia também: Womax gel lipo funciona 

Eu me vi naquele beco tantas vezes, que um dia decidi ficar e morar lá, até conseguir encontrar uma saída. Foi quando eu comecei a pensar sobre as lições que poderia tirar minhas experiências passadas, essas dietas que me levaram a ganhar peso ainda mais, ea maneira em que eu vivia o processo ao tentar perder peso.

De todas as coisas que eu descobri, hoje eu quero falar sobre 3 estratégias vencedoras para ficar magra.

Se você deseja obter melhores resultados, verifique o que o levou a sair da última vez

‘Tente novamente não é mais uma opção. Escolha outro caminho ‘

1. Largue seu objetivo
Você sabe muito bem qual é o seu objetivo. Quanto você quer pesar e como está o corpo que você quer ter. E isso é muito bom, porque a clareza é fundamental para alcançar um bom porto. O problema surge quando ter os olhos no objetivo não permite que você aproveite o caminho.

A vida cotidiana é difícil, seu alvo é afastado, você começa impaciente e não desfrutar de suas pequenas realizações, porque a única coisa importante é para atingir o peso ideal. E se você tentar diminuir sua meta? você sabe o que é e você não vai esquecer, então você poderia parar de pensar sobre isso e colocar sua atenção em aproveitar o que você vai fazer hoje para conseguir o que quer. Se, além disso, você se encoraja a valorizar e reconhecer todas as boas decisões que toma, você as realiza.

2. Faça um plano que sua vida goste
Eu não sei se isso já aconteceu com você: seu peso faz você se sentir mal e você planeja uma dieta; você decide o que vai comer e o exercício que vai fazer e começa com grande entusiasmo! convencido de que desta vez você vai conseguir. Quando você tentar encaixar esse novo plano em sua vida, em breve você encontrar resistência e retira todos correndo para o mínimo que não cumprem o plano que você tinha proposto. Chegou a hora ‘Eu já falhei, então vou comer tudo o que quero’. Você realmente não fez nada errado, só não foi perfeito. É essa busca irreal pela perfeição que leva você a abandonar.

A exigência impede que você avance e o leva a uma sensação de derrota, o que lhe deixa poucas opções para avançar. Perceba que você coloca a armadilha sozinho. É você quem decide as regras. Imagine o que aconteceria se, em vez de tentar encaixar a sua vida em um rigoroso plano de alimentação e exercício físico, você plantearas um mais descontraído, que se encaixaria bem em sua vida, e também permitir que você a perder peso. Você pode imaginar isso? então você pode fazer isso

3. Tornar mais fácil
Quando você vive preso no peso, o desespero leva você a tomar decisões que só complicam sua vida. Parece muito razoável mudar seus hábitos de uma forma radical, da noite para o dia, e você fica surpreso de não conseguir entender como está motivado. Por exemplo, até ontem não mudei nada e hoje exijo uma hora diária de exercício. A motivação deve ser facilitada, porque esperamos muito dela.

Você já conhece o resultado dos planos radicais, então eu proponho isso para você: pequeno e pequeno. Comece fazendo muito poucas mudanças de cada vez, se possível, uma de cada vez, e procure que elas sejam pequenas, tanto que praticamente não custa nada para elas. Quando você vai, comemore cada passo, você consegue! Sua auto-estima e motivação aumentarão, assim como seus resultados.

Se você propõe algo que não pode cumprir, em vez de descer, verifique se foi um passo muito grande para esse momento de sua vida e siga em frente. Esqueça o fracasso da palavra e pense sobre isso, qual é a coisa mais fácil que você poderia fazer para perder peso sem perder seu sorriso?

Como perder peso rapidamente: 3 etapas simples, baseadas na ciência

Como perder peso rapidamente: 3 etapas simples, baseadas na ciência

Há muitas maneiras de perder muito peso rapidamente.

No entanto, a maioria deles vai deixar você com fome e insatisfeito.

Se você não tem força de vontade de ferro, então a fome fará com que você desista desses planos rapidamente.

O plano descrito aqui irá:

Reduza seu apetite significativamente.
Faça você perder peso rapidamente, sem fome.
Melhore sua saúde metabólica ao mesmo tempo.
Aqui está um plano simples de 3 etapas para perder peso rapidamente.

1. Reduzir Açúcares e Amidos
A parte mais importante é reduzir os açúcares e amidos (carboidratos).

Quando você faz isso, seus níveis de fome diminuem e você acaba consumindo muito menos calorias (1).

Agora, em vez de queimar carboidratos por energia, seu corpo começa a se alimentar da gordura armazenada.

Outro benefício do corte de carboidratos é que reduz os níveis de insulina, fazendo com que os rins eliminem o excesso de sódio e água do corpo. Isso reduz o inchaço e o peso desnecessário da água (2, 3).

Não é incomum para perder até 10 libras (às vezes mais) na primeira semana de comer desta forma, tanto a gordura corporal e peso da água.

Este é um gráfico de um estudo comparando dietas com baixo teor de carboidratos e baixo teor de gordura em mulheres com sobrepeso ou obesas (4).

O grupo de baixo carboidrato está comendo até a plenitude, enquanto o grupo de baixo teor de gordura é restrito a calorias e com fome.

Corte os carboidratos e você começará a ingerir menos calorias automaticamente e sem fome (5).

Simplificando, cortar carboidratos coloca a perda de gordura no piloto automático.

RESUMO
Removendo açúcares e amidos (carboidratos) de sua dieta irá reduzir o seu apetite, diminuir os níveis de insulina e fazer você perder peso sem fome.
2. Coma proteína, gordura e vegetais
Cada uma das suas refeições deve incluir uma fonte de proteína, uma fonte de gordura e vegetais com baixo teor de carboidratos.

Construir suas refeições dessa maneira automaticamente levará sua ingestão de carboidratos ao intervalo recomendado de 20 a 50 gramas por dia.

Fontes de Proteína
Carne: Carne, frango, porco, cordeiro, etc.
Peixe e Marisco: Salmão, truta, camarão, etc.
Ovos: ovos inteiros com a gema são os melhores.
A importância de comer muita proteína não pode ser exagerada.

Isto foi mostrado para aumentar o metabolismo em 80 a 100 calorias por dia (6, 7, 8).

Dietas ricas em proteínas também reduzem os desejos e pensamentos obsessivos sobre os alimentos em 60%, reduzem o desejo por lanches noturnos pela metade e deixam você tão satisfeito que você come automaticamente 441 menos calorias por dia – apenas adicionando proteínas à sua dieta. (9, 10).

Quando se trata de perder peso, a proteína é o rei dos nutrientes. Período.

Legumes com baixo teor de carboidratos
Brócolis
Couve-flor
Espinafre
Tomates
Couve
Couve de Bruxelas
Repolho
acelga
Alface
Pepino
Lista completa aqui.
Não tenha medo de carregar o seu prato com estes legumes com baixo teor de carboidratos. Você pode comer quantidades maciças deles sem ultrapassar 20-50 carboidratos líquidos por dia.

Uma dieta baseada principalmente em carne e legumes contém todas as fibras, vitaminas e minerais que você precisa para ser saudável.

Fontes de gordura
Azeite
Óleo de côco
Óleo de abacate
manteiga
Coma 2-3 refeições por dia. Se você se sentir com fome à tarde, adicione uma quarta refeição.

Não tenha medo de comer gordura, pois tentar fazer tanto carboidratos como baixo teor de gordura ao mesmo tempo é uma receita para o fracasso. Isso fará você se sentir infeliz e abandonará o plano.

Para ver como você pode montar suas refeições, confira este plano de refeições com baixo teor de carboidratos e esta lista de 101 receitas saudáveis ​​com pouco carboidrato.

RESUMO
Monte cada refeição fora de uma fonte de proteína, uma fonte de gordura e vegetais com baixo teor de carboidratos. Isso vai colocá-lo na faixa de 20 a 50 gramas e diminuir significativamente os níveis de fome.
3. Levante Pesos 3 Vezes Por Semana
Você não precisa se exercitar para perder peso neste plano, mas é recomendado.

A melhor opção é ir ao ginásio 3 a 4 vezes por semana. Faça um aquecimento e levante alguns pesos.

Se você é novo no ginásio, peça um treinador para alguns conselhos.

Ao levantar pesos, você vai queimar muitas calorias e impedir que o seu metabolismo diminua, o que é um efeito colateral comum da perda de peso (11, 12).

Estudos sobre dietas de baixo carboidrato mostram que você pode até ganhar um pouco de músculo enquanto perde quantidades significativas de gordura corporal (13).

Se levantar pesos não é uma opção para você, então fazer alguns exercícios de cardio como caminhar, correr, correr, andar de bicicleta ou nadar será suficiente.

RESUMO
É melhor fazer algum tipo de treinamento de resistência, como levantamento de peso. Se isso não for uma opção, os exercícios cardiovasculares também são eficazes.
Opcional – Faça um ‘Carb Refeed’ uma vez por semana
Você pode tirar um dia de folga por semana, quando você come mais carboidratos. Muitas pessoas preferem o sábado.

Leia também: Womax funciona

É importante manter as fontes saudáveis ​​de carboidratos, como aveia, arroz, quinoa, batata, batata doce, frutas, etc.

Mas apenas este dia com carboidratos – se você começar a fazê-lo mais do que uma vez por semana, não verá muito sucesso neste plano.

Se você deve ter uma refeição de fraude e comer algo insalubre, então faça isso neste dia.

Esteja ciente de que as refeições de trapaça ou os carboidratos não são necessárias, mas podem aumentar alguns hormônios que queimam gordura, como a leptina e os hormônios da tireóide (14, 15).

Você ganhará algum peso durante o dia de reabastecimento, mas a maior parte dele

ALERTA: Mulher morre após tomar remédio de

ALERTA: Mulher morre após tomar remédio de emagrecimento que viu na internet

Segundo o marido, depois que passou a tomar o remédio de nome X-Life, a mulher apresentava fraquezas, porém se negava a parar, pois queria muito emagrecer.

RONDONIAOVIVO
18 de Março de 2019 às 11:10

ALERTA: Mulher morre após tomar remédio de emagrecimento que viu na internet
FOTO: (Reprodução/Internet)

Alexandra Rodrigues, de 34 anos, moradora da área rural de Chupinguaia (RO), morreu no início da noite de domingo, 17, após ingerir medicamento para emagrecer, sem prescrição médica.

De acordo com o registro da ocorrência, quando uma guarnição da Polícia Militar chegou ao Hospital Municipal, onde a mulher deu entrada já sem vida, fez contato com o esposo da vítima, que relatou que a Alexandra havia passado mal após ingerir um comprimido para emagrecer, que havia comprado de uma amiga pelo Facebook.

Saiba mais: Kifina funciona

Ainda segundo o marido, depois que passou a tomar o remédio de nome X-Life, a mulher apresentava fraquezas, porém se negava a parar, pois queria muito emagrecer.

No dia do óbito, Alexandra foi preparar o jantar e acabou desmaiando na cozinha.

Após tentar acordar a esposa sem sucesso, o homem a colocou em seu veículo e conduziu até o hospital, porém, a mesma já chegou morta.

O frasco do medicamento foi apreendido na propriedade onde o casal residia e o caso será investigado.

Como fazer o Chá de Gengibre para Emagrecer?

Como fazer o Chá de Gengibre para Emagrecer?

Como fazer o Chá de Gengibre para Emagrecer
Emagrecer de forma saudável é a prioridade de muitas pessoas. O consumo de chás naturais acaba sendo uma das opções mais viáveis para isso. E o chá de gengibre é uma ferramenta para auxiliar nessa questão! Por esse motivo muitas pessoas estão buscando Como fazer o Chá de Gengibre para Emagrecer.

Tudo isso se deve ao fato do chá de gengibre ser uma bebida muito rica em benefícios para o corpo. Por isso, consumir o chá não implica apenas na perda de peso, mas em uma saúde muito mais forte.

Já utilizado há muito tempo, o gengibre já foi muito estudado. Pesquisas afirmam que a raiz tem propriedades medicinais capazes de transformar a vida de quem consome deixando-a muito mais leve.

A raiz pode ser encontrada com muita facilidade em lojas de produtos naturais e até mercados. É vendida em forma seca, desidratada ou fresco. A facilidade de encontrar o gengibre faz com que seu consumo seja muito viável, passível de ser consumido diariamente. Não apenas em forma do chá que vamos ensinar, mas sucos, comidas ou até mesmo fresco.

Leia também: chá de gengibre

Por que consumir Chá de Gengibre para Emagrecer?

A resposta é Simples! Veja:

Termogênico: O efeito termogênico do gengibre faz com que ele esquente o corpo, auxiliando na perda de peso. Quando o metabolismo acelera, a queima de gordura é muito mais alta. Por esse motivo, o gengibre é muito consumido por pessoas que praticam exercícios, principalmente aeróbicos. O chá ajuda a queimar mais calorias que o comum, o que faz com que a perda de peso seja mais rápida.

Diurético: O chá de gengibre é um excelente diurético. Esta ação faz com que o corpo produza mais urina e através dela ocorra a liberação de toxinas. A ação diurética também faz com que o corpo retenha menos líquido, o que diminui a sensação de inchaço no corpo.

Regula o intestino: O chá é ótimo para regular o intestino e melhorar a digestão. Inchaço na região abdominal causado por gases, diarreia, náuseas, tudo isso pode ser melhorado com o consumo do chá de gengibre.

Whey Protein GrowthWhey Protein Growth
Estes benefícios ligados ao emagrecimento são muito importantes. Porém, não se podem esquecer outras propriedades, como a ação fungicida, anti-inflamatória – que é ótimo para quem sofre de doenças nas articulações, diminuindo muito as dores — e bactericida, que acabam prevenindo dezenas de doenças. Além de tudo isso, o gengibre também ajuda na prevenção do câncer.

Como fazer o Chá de Gengibre para Emagrecer

INGREDIENTES
2 cm de gengibre fresco ou 5 colheres de gengibre ralado
1 litro de água

MODO DE PREPARO
Em uma panela, coloque água para esquentar
Quando subirem as primeiras bolhas, adicione o gengibre
Diminua o fogo e deixe infusionar por cerca de 10 minutos com a panela tampada
Desligue o fogo, coe o chá e beba logo em seguida

O chá de gengibre pode ser potencializado com o uso de outras ervas junto na infusão. O hibisco pode ser uma ótima opção para quem quer emagrecer, já que os dois juntos tem grande efeito termogênico, fazendo com que a perda de peso seja mais rápida.

O limão libera muitos antioxidantes, sendo um ótimo diurético; o chá também dá grande sensação de saciedade. O chá de gengibre com mel é ótimo para quem tem gripe, além de o mel ser um ótimo adoçante natural.

Leia também:
Benefícios do Hibisco para o Emagrecimento

Receita de Chá de Canela para descer a Menstruação

Benefícios do chá de canela na Redução de Peso + Receita

O chá de gengibre para emagrecer tem um resultado maravilhoso. Muita gente já percebeu as mudanças que a bebida pode fazer em vários aspectos do corpo.

O que é preciso ter em mente, porém, é que apenas consumir o chá de gengibre não faz com que você perca muito peso: é preciso combinar dieta saudável, exercícios e o consumo diário dos chás.

Assim é possível emagrecer com muita saúde, chegando aos seus objetivos com tranquilidade.

5 Receitas Poderosas de Suco Detox Para Emagrecer

Nutricionistas recomendam o Suco Detox como aliado do emagrecimento saudável, porque além de rico em antioxidantes, também promove saciedade e possui baixíssimo teor calórico.

A maioria das pessoas associam o Suco Detox à ideia de combinações de ingredientes estranhos e dietas mirabolantes, mas ao contrário do que se pensa, é possível fazer associações que melhor sirvam ao seu paladar. Ou seja, o Suco Detox não é “ruim” e sua eficácia é garantida.

Seus antioxidantes auxiliam na diminuição da barriga e até mesmo no desaparecimento das temidas celulites. Os benefícios são inúmeros e a rapidez do preparo é incrível!

Existem milhares de receitas de Suco Detox e sabendo disso, resolvi fazer uma seleção das 5 mais simples e também mais deliciosas, especialmente para você.

Leia também: Kifina funciona

Confira Agora as 5 Receitas Práticas e Poderosas de Suco Detox:

1) Tradicional Que Faz As Celulites Desaparecerem:

Benefícios: Baixíssimo teor calórico, auxilia no emagrecimento, contribui para uma pele mais “lisinha”. Por possuir diversos minerais do cálcio e vitaminas, a couve-manteiga é uma importante aliada na luta contra muitas doenças como a anemia e até o câncer, além de também auxiliar na perda de barriga e no desaparecimento das celulites e contribui para o bom funcionamento do intestino.

Leia também: Phytophen funciona

Receita:
Ingredientes:
1 Couve-manteiga
2 Laranjas

Leia também: Max Detox

Modo de Preparo:
Separe duas ou três folhas da Couve bem lavadas
Esprema as duas laranjas e reserve
Junte as folhas da Couve ao Suco da Laranja no liquidificador. Coloque gelo se preferir.
Bata por aproximadamente 2 minutos.

2) Refrescância Que Seca a Barriga:

Benefícios: Possui baixíssima caloria, promove saciedade e por ser diurética, intensifica a eliminação de toxinas.

Leia também: Farinha seca barriga funciona

Receita:
Ingredientes:
1 Abacaxi
1 Bulbo de Erva-Doce sem as folhas
3 Hastes de Hortelã
400 ml de água

Modo de Preparo:
Corte o Abacaxi em cubos
Separe as folhas do Erva-Doce e reserve o que sobrar
Separe as folhas do Hortelã
Misture os cubos do Abacaxi, os bulbos do Erva-Doce e as Folhas do Hortelã com a água. Se preferir, ponha gelo.
Ponha tudo no liquidificador e bata por aproximadamente 5 minutos.

3) Promove Saciedade e Funciona Como Acelerador do Metabolismo:

Benefícios: Contribuem para a aceleração do metabolismo e, consequentemente, para a queima rápida de calorias. Por ser composto de alimentos chamados “termogênicos”, que também são repletos de antioxidantes.

Termogênicos são substâncias que fazem o corpo consumir mais energia e, assim sendo, queimar mais gordura.

Receita:
Ingredientes:
400 ml de Suco de Uva Integral
4 colheres de Gengibre
2 Colheres de Canela em Pó

Modo de Preparo:
Junte todos os ingredientes no liquidificador, acrescente gelo se preferir.
Bata por aproximadamente 2 minutos.

4) Refrescância Que Auxilia No Controle dos Níveis de Açúcar:

Benefícios: Além de possuir baixíssimo teor calórico, esse suco detox também funciona como diurético, controlador dos níveis de açúcar na corrente sanguínea e promove saciedade imediata.

Receita:
Ingredientes:
½ Melância
2 Limões
400 ml de Água de Coco
1 ½ Ramo de Hortelã

Modo de Preparo:
Corte a Melância em cubos e reserve.
Faça o suco dos Limões.
Junte a Melância, o suco dos Limões e a Água de Coco ao Ramo de Hortelã no liquidificador. Adicione gelo se preferir.
Bata por aproximadamente 3 minutos.

5) Refrescância e Saciedade Que Auxiliam No Emagrecimento:

Benefícios: Rico em antioxidantes e anti-radicais livres, esse suco detox promove a saciedade imediatamente. Por ser composto de alimentos ricos em vitaminas e minerais do cálcio, elimina toxinas, é diurético e auxilia na queima de calorias.

Receita:
Ingredientes:
200 ml de Água de Coco
1 Maçã Verde
1 Limão
1 Pedaço de Gengibre
1 Couve-Manteiga

Modo de Preparo:
Junte a Água de Coco, a Maçã Verde, o Suco do Limão, o Pedaço do Gengibre e 1 folha da Couve-Manteiga no liquidificador.
Acrescente gelo se preferir.
Bata por aproximadamente 3 minutos.

Gostou?

Depois de ler esse artigo você já conhece as mais práticas e deliciosas receitas de Suco Detox e aposto que você ficou ansioso para explorar os benefícios de cada uma delas. Além disso, conheça nosso Detox Super Green, o suco com uma fórmula 10x mais poderosa que os sucos detox comuns.

Mas se o seu objetivo é obter resultados incríveis sem depender totalmente da alimentação e se você está cansado de dietas mirabolantes que resultam apenas no chamado “efeito sanfona“, conheça o Queima 48, um programa de exercícios diários de apenas 15 minutos que te dá resultados equivalentes a 1 ano de dietas e academia em apenas 8 semanas!

Agora não se esqueça de curtir, deixar um comentário dizendo o que achou desse artigo e compartilhar com aquele amigo que também vai adorar descobrir essas receitas!

Exemplo de cardápio de Dieta Low Carb


Uma dieta baixa em carboidratos é uma dieta que restringe alguns tipo de carboidratos, como os encontrados em alimentos açucarados (bolachas, biscoitos, bolos, doces em geral…), massas, torradas e pães, e alimentos processados e industrializados.

O foco da Dieta Low Carb são vegetais saudáveis e variados, alimentos ricos em proteínas e gorduras naturais.

Estudos mostram que essa dieta proporciona perda de peso e melhorar a saúde.

O plano de refeições abaixo oferece noções básicas de uma alimentação saudável e com poucos carboidratos. Ele explica o que comer, o que evitar e inclui um cardápio de Dieta Low Carb de uma semana.

Comer Low Carb – O Básico
Suas escolhas alimentares dependem de algumas coisas, incluindo quão saudável você é, quanto exercício você pratica, quanto peso você tem perder ou ganhar, entre outros fatores. O ideal é sempre procurar um nutricionista ou médico para adequações individuais.

Portanto, de modo geral:

Coma: carne, peixe, ovos, legumes, frutas, nozes, sementes, laticínios ricos em gordura, gorduras, óleos saudáveis ​​e talvez até mesmo alguns tubérculos e grãos sem glúten.
Não coma: açúcar, trigo, óleos de sementes, gorduras trans, “diet” e produtos com baixo teor de gordura e alimentos altamente processados e industrializados.
Alimentos para evitar
Deve-se evitar seis grupos de alimentos, nesta ordem de importância:

Açúcar: refrigerantes, sucos de frutas, agave, doces, sorvetes e muitos outros produtos que contenham açúcar adicionado.
Grãos refinados: trigo, arroz, cevada e centeio, bem como pão, cereais e massas.
Gorduras trans: óleos hidrogenados ou parcialmente hidrogenados.
Produtos com baixo teor de gordura: produtos lácteos, cereais ou biscoitos são reduzidos em gordura, mas contêm açúcar adicionado.
Alimentos altamente processados (industrializados): se parece que foi feito em uma fábrica, não o coma.
Legumes ricos em amido: é melhor limitar os vegetais ricos em amido em sua dieta, caso esteja seguindo uma dieta muito baixa em carboidratos.
Você deve ler a lista de ingredientes, mesmo em alimentos rotulados como “alimentos saudáveis”.

Alimentos permitidos
Você deve basear sua dieta em alimentos reais, naturais, comida de verdade e não processados ​​e com baixo teor de carboidratos.

Carne: carne bovina, cordeiro, porco, frango e outros.
Peixe: salmão, truta, atum, e muitos outros.
Ovos: os ovos enriquecidos com ómega 3 ou pastosos são os melhores.
Legumes: espinafre, brócolis, couve-flor, cenoura e muitos outros.
Frutas: maçãs, laranjas, peras, mirtilos, morangos…
Nozes e sementes: amêndoas, nozes, sementes de girassol, castanha do Pará, castanha de caju, pistache, etc.
Laticínios ricos em gordura: queijo, manteiga, creme de leite, iogurte.
Gorduras e óleos: óleo de coco , manteiga, banha, azeite e óleo de peixe.
Não coma mais que um pedaço de fruta por dia.
Se você precisa perder peso, tenha cuidado com queijo e nozes, pois é fácil comer em excesso.

Se você é saudável, ativo e não precisa perder peso, pode comer mais carboidratos.

Tubérculos: batata, batata doce e alguns outros.
Grãos não refinados: arroz integral, aveia, quinoa e muitos outros.
Legumes: lentilhas, feijão preto, feijão, etc.
Além do mais, você pode ter o seguinte com moderação, se quiser:

Chocolate escuro: escolha marcas com pelo menos 70% de cacau.
Vinho: escolha vinhos secos sem adição de açúcar ou carboidratos.
VEJA TAMBÉM: Lista de alimentos ricos em vitamina E
O chocolate escuro é rico em antioxidantes e pode trazer benefícios à saúde se você o comer com moderação.

Entretanto, esteja ciente de que tanto o chocolate amargo quanto o álcool prejudicam seu progresso se você comer e/ou beber demais.

Bebidas permitidas
Café.
Chá.
Água.
Água com gás.
Exemplo de cardápio de Dieta Low Carb
Este plano alimentar é para uma semana de dieta com baixo carboidrato.

Ele fornece menos de 50 gramas de carboidratos totais por dia. No entanto, se você é saudável e ativo, você pode comer um pouco mais de carboidratos, entre 100 e 150 gramas por dia.

Leia também: E-book 101 Receitas Low Carb loja

Segunda-feira
Café da manhã: Iogurte integral e natural com uma fruta picada e um punhado de amêndoas.
Almoço: Omelete com vegetais, fritos em manteiga ou óleo de coco.
Jantar: Hambúrguer caseiro (só a carne, sem pão), servido com legumes e salada.

Terça-feira
Café da manhã: Ovos mexidos na manteiga.
Almoço: Sobra de hambúrguer e vegetais da noite anterior.
Jantar: Salmão ou outro peixe servido com legumes assados ou grelhados na manteiga.

Leia também: Farinha seca barriga funciona

Quarta-feira
Café da manhã: Ovos e vegetais, fritos em manteiga ou óleo de coco.
Almoço: Salada bem variada com sobrecoxa assada.
Jantar: Bife grelhado com legumes.

Quinta-feira
Café da manhã: Shake de frutas vermelhas batido com leite de coco natural, amêndoas e proteína em pó.
Almoço: Omelete com vegetais, fritos em manteiga ou óleo de coco.
Jantar: Bife grelhado e legumes.

Leia também: Kifina funciona

Sexta-feira
Café da manhã: Ovos com queijo.
Almoço: Salada variada com tiras de frango.
Jantar: Costeleta de porco com legumes.

Sábado
Café da manhã: Iogurte integral e natural com coco fresco ralado e um punhado de nozes.
Almoço: Omelete com legumes e queijo.
Jantar: Almôndegas com legumes.

Domingo
Café da manhã: Smoothie com leite de coco, uma pouco de creme de leite fresco, proteína em pó com sabor de chocolate ou baunilha e frutas vermelhas.
Almoço: Ovos com bacon.
Jantar: Asas de frango grelhado com legumes assados com azeite e sal.

Leia também: Phytophen funciona

Inclua muitos legumes em sua dieta. São baixos em calorias porém são ricos em vitaminas, minerais e outros nutrientes importantes.

Além disso, muitos são pobres em carboidratos e ricos em fibras, o que os torna ideais para dietas com baixo teor de carboidratos.

Se você está em uma dieta baixa em carboidratos ou não, comer mais vegetais é sempre uma ótima ideia.

Abaixo está uma lista com os melhores legumes de baixo carboidrato para incluir na sua rotina de alimentação saudável.

Pimentão, brócolis, aspargos, cogumelos, abobrinha, espinafre, abacates, couve-flor, vagem, alface, alho, couve, pepino, aipo, tomate, rabanete, cebola, berinjela, repolho, alcachofra.
Existem muitos vegetais saborosos que podem ser incluídos em uma dieta Low Carb.

Além de serem baixos em carboidratos e calorias, eles podem reduzir o risco de várias doenças e melhorar sua saúde e bem-estar.

Novamente, se você é saudável, magro e ativo, você pode adicionar alguns tubérculos como batata e batata doce, mandioca, madioquinha, abóbora, bem como alguns grãos saudáveis ​​como aveia.

VEJA TAMBÉM: Cortar ou evitar carboidratos realmente emagrece?
Petiscos saudáveis ​​e com baixo teor de carboidratos
Com o aumento de gorduras boas e proteína, nos sentimos mais saciados e portanto não há necessidade de comer lanches intermediários.

Mas se mesmo assim você ficar com fome entre as refeições, aqui estão alguns lanches saudáveis, fáceis de preparar e com baixo teor de carboidratos que podem te ajudar:

Um pedaço de fruta.
Iogurte.
Um ou dois ovos cozidos.
Mini cenouras.
Um pedaço de coco fresco.
Um punhado de castanhas.
Um pouco de queijo.
Comer em restaurantes
Na maioria dos restaurantes, é relativamente fácil escolher suas refeições com pouco carboidrato.

Encontre um prato principal à base de carne ou peixe.
Beba água pura em vez de refrigerante açucarado ou suco de frutas.
Escolher legumes ou salada ao invés de pão, batatas ou arroz.
Uma lista simples de compras com baixo teor de carboidratos
Concentrando-se em alimentos naturais, isso tornará sua dieta mil vezes melhor.

Alimentos orgânicos são as melhores escolhas porém são mais caros. Portanto tente escolher a opção menos processada que ainda se encaixa na sua faixa de preço.

Carne (carne de vaca, cordeiro, porco, frango, bacon).
Peixe (peixe gordo como salmão é o melhor).
Ovos.
Manteiga.
Óleo de coco.
Banha.
Azeite.
Queijo.
Creme de leite fresco.
Nata.
Iogurte (integral e sem açúcar).
Frutas vermelhas (frescos ou congelados).
Oleaginosas.
Azeitonas.
Legumes frescos.
Legumes congelados.
Condimentos naturais (sal marinho, pimenta, alho, mostarda, ervas, etc.).

Massagem redutora é aliada na busca pelo corpo perfeito

Seguir uma dieta equilibrada e praticar exercícios físicos é a melhor fórmula para emagrecer e tonificar o corpo. No entanto, a massagem redutora pode potencializar ainda mais os resultados e auxiliar na eliminação da gordura.

Além de ser um pouco relaxante, a massagem redutora estimula a circulação e melhora algumas funções do organismo. Aliar tudo isso a uma rotina saudável vai deixar qualquer corpo com tudo em cima para curtir o verão.

Tipo de massagem que foca na camada de gordura corporal ajuda a reduzir o inchaço. Foto: iStock, Getty Images

As massagens, em geral, são procedimentos em que se usa a pressão e manipulação dos tecidos para um efeito mecânico.

De acordo com a professora Danielle Dutra Albrecht, do curso de Tecnologia em Estética e Cosmética da Universidade Feevale, cada tipo – como relaxante, terapêutica, estética, modeladora, redutora e outras -, foca em diferentes manobras para produzir resultados variados.

Massagem redutora e seus benefícios
Segundo a especialista, a massagem redutora é a manipulação do tecido adiposo (camada de gordura), com o objetivo de modelar essa área e, assim, melhorar o contorno corporal.

“Considerando a gordura um tecido moldável, as manobras ritmadas e sem pressão excessiva promovem a vasodilatação, que favorecerá o maior aporte sanguíneo e trará benefícios”, enfatiza.

Essa massagem tem vários benefícios além de modelar e formatar o corpo. Quando feito de maneira adequada, esse procedimento ajuda a reduzir o inchaço causado pelo acúmulo de líquidos. Além disso, favorece a circulação e a eliminação de resíduos e toxinas.

Outro benefício da massagem redutora é estimular o metabolismo e as respostas neuromusculares, harmonizando os contornos do corpo, diz a professora. “Ainda minimiza a ansiedade, aumentando a autoestima e a qualidade de vida”, adiciona.

No entanto, Danielle enfatiza que a redução de medidas é uma consequência da modelagem. Assim, quem não está trabalhando na perda de peso com alimentação adequada no dia a dia e prática de atividades físicas não vai perceber redução da gordura.

Como obter os efeitos da massagem redutora
A recomendação da professora é que as sessões de massagem sejam feitas com apenas um pequeno intervalo entre elas. “Duas ou três vezes por semana trazem os benefícios esperados”, afirma.

Leia também: massagem redutora antes e depois

Outro ponto importante é buscar um profissional com conhecimento e competência para avaliar e executar a massagem redutora, associando as técnicas adequadas sem lesar os tecidos, aponta a especialista. Ela alerta que jamais devem ficar marcas na pele.

Leia também: Kifina bula

Além da aplicação correta da massagem, para atingir os resultados estéticos, todos os aspectos metabólicos precisam ser considerados. Qualidade de sono, função intestinal, alterações hormonais, rotina de alimentação e atividades físicas influenciam.

Leia também: Phytophen bula

Existem contraindicações para esse tipo de procedimento que reduz medidas. Doenças e disfunções precisam ser observadas e, em caso de dúvidas, é ideal consultar um médico sobre a probabilidade da massagem interferir de maneira negativa na saúde.

Leia também: Farinha seca barriga bula

Você sabe o que é Kombucha?

Uma das grandes tendências da alimentação atual é o “faça você mesmo”. Cada vez mais pessoas tem retomado o hábito de preparar suas próprias refeições e cultivar seus alimentos em casa.

Dentro dessa tendência o preparo de alimentos fermentados e com propriedades medicinais, como o Kefir, é o grande destaque para quem procura uma vida mais natural e saudável.

Se você está vivenciando essa prática mais saudável de alimentação, muito provavelmente já ouviu falar sobre o Kombucha. Mas sabe o que é ele, como prepará-lo e quais seus benefícios?

O que é o Kombucha?
Kombucha é o nome dado a um tipo de chá fermentado que, assim como o Kefir, conta com características probióticas que podem fazer muito bem para a nossa saúde. Produzido apenas com ingredientes naturais, o Kombucha pode ter características completamente diferentes de sabor e aroma, visto que elas são uma consequência da combinação de seus ingredientes.

Ele pode ser doce, seco, amargo, mais alcoólico ou mais suave, de acordo com a preparação conduzida por você.

Como posso preparar o meu?
Assim como acontece com o Kefir, para preparar um Kombucha você precisa contar com uma colônia específica de bactérias saudáveis que serão responsáveis por sua fermentação. Essas colônias, chamadas também de SCOBY ou mãe do Kombucha, são formadas de bactérias e leveduras que parecem com discos translúcidos e com textura mais amolecida.

Para obter uma colônia, é preciso receber uma doação de um SCOBY saudável de alguém que já produz seu próprio Kombucha. Essa mesma pessoa lhe orientará sobre o uso e cuidado da mesma.

O processo de fermentação do Kombucha é feito no chá verde, preto ou mate e é alimentado pela adição de açúcar (que pode ser cristal, refinado ou demerara) na mistura. O volume de açúcar adicionado (e a escolha do tipo de chá) é o responsável pelo desenvolvimento de suas características de sabor e aroma.

Para preparar o seu Kombucha você precisa seguir os seguintes passos:
1- Separar a colônia e 100mL do líquido que vem com ela;

2- Preparar 1L do chá de sua escolha e adoçá-lo a gosto. Deixar esfriar antes de colocar em contato com o Kombucha;

3- Misturar tudo em um recipiente que deverá ser fechado com a ajuda de um pano limpo e um elástico;

4- Guardar em local protegido do sol por 2 dias;

5- Provar o sabor do fermentado, que deve não ficar tão doce e nem tão com toques de vinagre. Se não estiver de acordo feche e aguarde mais dois dias de fermentação;

6- O processo completo de fermentação pode variar entre 5 e 15 dias e, por isso, você deve ter paciência e prová-lo sempre para garantir que o sabor está de acordo com o desejado;

Leia também: Kombucha funciona

7- Alcançada a fermentação desejada, é hora de colocar 90% do líquido produzido em outro recipiente e começar a saborizar o mesmo. Use frutas, especiarias e até grãos de café, se desejar;

8- Feche o recipiente com uma tampa e deixe fora da geladeira para finalizar a fermentação e produzir uma pressão interna, que é a responsável por sua efervescência. Quando isso acontecer é só levar para a geladeira e consumir gelado;

Leia também: Phytophen funciona

9- Os 10% do líquido produzido no começo deve ser guardado para futuras produções. Você pode usá-lo para reiniciar um processo de desenvolvimento de bebida ou colocar mais 500mL de chá e guardá-lo para uma nova oportunidade.

Como cuido do meu SCOBY?
O cuidado do SCOBY é um processo que demanda atenção (assim como cuidar da sua colônia de Kefir ou do seu Levain), mas que é simples e pode ser feito em casa.

Leia também: Kifina

Mantenha sempre seu SCOBY com os 500mL de chá em um local longe do sol (na geladeira ou não). Deixe-o fechado com panos e elásticos e nunca com tampa, para que a colônia possa respirar. Alimente com açúcar e com cuidado para que ele não fique “vinagrado”.

Se você perceber que sua colônia mofou, é necessário jogá-la fora e adquirir uma nova para reiniciar o processo.

Quais são os benefícios do Kombucha?
Além de ser uma fonte rica em probióticos (os famosos lactobacilos vivos) e por isso fazer muito bem para a saúde do seu intestino, o Kombucha também tem alto poder antioxidante e é rico em vitaminas do complexo B e vitaminas C.

Para adicioná-lo de maneira correta e saudável à sua alimentação, é importante sempre falar com um nutricionista sobre o assunto!

Você já conhecia o Kombucha? Já provou essa poderosa bebida? Conte para a gente um pouco de sua experiência com ela!

7 atividades físicas que você deve praticar

Olá, leitores!

Exercitar-se causa bem-estar, relaxa, ajuda a manter o corpo com energia, a reduzir o peso, etc. Muitos sabem que precisam fazer exercícios, só que não conhecem muitas atividades que possam adotar, diferentemente das aulas de educação física. Desse modo, veja a lista com as 7 atividades físicas que você deve praticar:

Leia também: Phytophen funciona
Leia também: Kifina funciona

1) Danças para fortalecer, emagrecer e alegrar

Fazer atividades físicas pode ser bem divertido e optar pelas danças garante um exercício descontraído. As danças são feitas em escolas próprias e fora delas, com pessoas que possam ensinar. Entretanto, os benefícios são notados apenas quando a dança é praticada sempre. Existem academias que ministram aulas de dança aos clientes.

2) Esportes marciais

Os esportes marciais ajudam no controle da saúde, reduzem o peso e também melhoram o emocional das pessoas, principalmente dos jovens. O fato de haver competições estimula os praticantes e faz com que até seja esquecida a necessidade dos exercícios: transforma-se em prazer.

3) Andar de bicicleta

As bicicletas sempre trouxeram situações alegres para muita gente. Várias pessoas saiam para os parques com a família a fim de aproveitar as horas de descanso. No entanto, as bicicletas assumiram nova importância: são lembradas na proteção ao meio ambiente e também na proteção da saúde.

A rapidez dos automóveis tornou a população bastante sedentária. Muitos usam o automóvel para ir a lugares próximos para trabalhar, para visitar outras pessoas, etc. Porém, andar de bicicleta mexe positivamente com os músculos, emagrece e ajuda a manter a saúde. Além disso, é uma atividade física divertida e até confortável.

4) Caminhar

O número de pessoas que caminham em praças, por exemplo, cresce sempre e, a razão é que a caminhada funciona em várias frentes. Quando alguém caminha, tonifica os músculos e percebe a movimentação deles. Se as caminhadas são feitas sem parar, ou seja, sem muitos dias de hiato, o peso consequentemente é perdido. A mente também recebe muitos efeitos positivos da caminhada. As pessoas distraem-se e ficam mais calmas.

Leia também: Exercícios para queimar calorias rápido

5) Jogos diversos

Os jogos funcionam quase da mesma forma que as artes marciais. Jogar exige movimentos do praticante, que emagrece, ajuda a deixar a saúde melhor e ainda tem todos os benefícios mentais que a atividade física traz. A competitividade e a diversão também fazem parte dessa atividade e existem muitos jogos à escolha: basquete, vôlei, futebol, handebol, etc.

6) Natação

Fazer natação é muito bom para quem deseja aprender a nadar e mesmo para quem já sabe. Todas as atividades que são feitas na água são mais difíceis e é necessário mais força. A natação trabalha com a tonicidade, com a resistência e é uma grande forma de se sentir mais forte para encarar outras atividades.

7) Ballet fitness

Esse exercício é muito vantajoso para as pessoas que precisam deixar os seus músculos mais fortes e que querem defini-los . O visual da aula de ballet fitness é atraente, pois há o uso da sapatilha, da barra e demais itens ligados ao ballet.

Boas escolhas e até logo!

Farinha saudável: 5 opções para você emagrecer com saúde!

Farinha também pode ser saudável, sabia? Essas opções são excelentes para quem deseja perder peso com saúde, pois ajudam no bom funcionamento do intestino, acabando com o inchaço e a gordura abdominal! Veja as dicas de Isabel Andrade, nutricionista da Venutri. 1. Farinha de feijão-branco É rico em faseolamina A, uma proteína com propriedades que […]

Farinha também pode ser saudável, sabia? Essas opções são excelentes para quem deseja perder peso com saúde, pois ajudam no bom funcionamento do intestino, acabando com o inchaço e a gordura abdominal! Veja as dicas de Isabel Andrade, nutricionista da Venutri.

Leia também: comprar Farinha seca barriga

1. Farinha de feijão-branco
É rico em faseolamina A, uma proteína com propriedades que inibem a digestão dos carboidratos e diminuem a absorção de açúcares pelo nosso organismo, sendo uma grande aliada no emagrecimento. O feijão-branco também pode ajudar a prevenir o diabetes e colabora para o bom funcionamento do intestino, pois possui grande quantidade de fibras. Mas não exagere no consumo da farinha de feijão-branco: 1 colher (chá) por dia é o suficiente para não ocorrer efeitos colaterais como diarreia e flatulência.
2. Farinha de banana verde
Os benefícios da banana podem ser melhor aproveitados se ela for consumida enquanto ainda está verde. Durante o processo de maturação, a fruta é rica de um tipo de amido resistente que não sofre digestão nem absorção e se comporta como se fosse uma fibra solúvel no organismo, inclusive produzindo substâncias que são benéficas. Como a banana verde não é lá muito agradável de ser ingerida, uma alternativa para consumir a fruta é em forma de farinha. Dá para misturar com água ou adicionar diretamente aos sucos, iogurtes e frutas em pedaços.

3. Farinha de amaranto
Combina com bolos de chocolate, cookies e pães escuros. Para acrescentar mais qualidade aos assados, substitua 10 a 20% da farinha comum pela de amaranto nas receitas.

Leia também: Phytophen funciona

4. Farinha de arroz branco
Pode entrar na mistura para a massa de pão ou em outras preparações. É de fácil e rápida digestão.

5. Farinha de arroz integral
É rica em sais minerais, carboidratos, proteínas e fibras. É obtida pela moagem dos grãos de arroz integral e, por isso, é possível notar a sua textura um pouco granulada. Para que ela não deixe um aspecto meio granulado na receita, use-a misturada com um pouco de fécula de batata ou tapioca.

Comer para emagrecer: conheça o nutriente que acelera a perda de peso

Comer para emagrecer: conheça o nutriente que acelera a perda de peso

Quer perder peso, mas não sabe por onde começar?

Não é novidade: o melhor método para perder peso é gastar mais calorias do que aquelas que se consome através da alimentação, optando por uma dieta equilibrada e praticando exercício físico regularmente

Porém, você sabia que existe um tipo específico de fibra que ajuda a queimar gordura abdominal mais rápido.

Comer mais fibra aumenta a saciedade e reduz o apetite, de acordo com um estudo publicado no periódico científico National Institute of Health.

Múltiplas pesquisas já comprovaram que as fibras solúveis são extremamente benéficas na redução dos depósitos de gordura.

Um estudo que envolveu 1,114 indivíduos durante um período de cinco anos, concluiu que comer 10 gramas de fibras solúveis por dia está associado a uma redução de 3,7% na quantidade de gordura armazenada na cavidade abdominal.

Leia também: descubra Como emagrecer rápido

Mas afinal, o que são fibras solúveis?

Leia também: Phytophen

A fibra divide-se normalmente em duas categorias – insolúvel e solúvel.

Enquanto que a fibra insolúvel não se mistura com a água e age como um agente de volume ajudando a digestão, as fibras solúveis misturam-se com a água criando uma substância semelhante a um gel que por sua vez desacelera a velocidade que o estômago liberta a comida dirigida para o intestino.

O que significa que comer grandes quantidades de fibras solúveis pode deixá-lo saciado durante mais tempoe como tal propiciar o emagrecimento rápido e eficaz.

Leia também: kifina

Vários estudos já demonstraram igualmente que quem as consome têm uma maior diversidade de bactérias presente no trato intestinal. E esta variedade está por sua vez associada a uma menor predisposição para acumular gordura abdominal.

Que alimentos contêm fibras solúveis?

1. Feijão preto;

2. Grão;

3. Abacate;

4. Batata doce;

5. Brócoles;

6. Pera;

7. Alperce;

8. Cenoura;

9. Maçã;

10. Aveia.

Faça boas escolhas alimentares e emagreça!

20 Tipos de Dieta Fácil Para Emagrecer

20 Tipos de Dieta Fácil Para Emagrecer

Escolher uma dieta eficiente não é uma tarefa fácil. Sabemos que o ideal é adotar uma dieta recomendada por um profissional da saúde, mas há inúmeras pessoas que buscam uma dieta fácil para efeitos emergenciais, assim ignorando uma orientação especializada.

A internet e revistas voltadas para a boa forma recomendam diversas dietas que possuem poucas fundamentações nutricionais, mas será mesmo que elas oferecem benefícios de perda de peso e principalmente sem oferecer consequências à sua saúde? Dentre todas as opções oferecidas por esses meios de comunicação, agora você poderá conhecer as melhores opções para uma dieta fácil para emagrecer, mas é fundamental que você reflita sobre os aspectos de cada uma delas antes da adoção.

Dieta dos pontos
Essa é uma das dietas mais populares, pois pode ser facilmente adequada à sua rotina, independente de suas tarefas diárias. Ela tornou-se mais famosa devido à sua ligação com o programa Vigilantes do Peso, em que oferece um programa social para que a pessoa se adeque a novos hábitos saudáveis.

A dieta oferecida pelos Vigilantes do Peso pode ser reconhecida como uma dieta fácil para emagrecer, pois você apenas necessitará contabilizar os pontos equivalentes a cada alimento consumido. O ponto positivo da dieta dos pontos é que você não precisará abrir mão daquelas tentações para qualquer dieta, pois você terá uma tolerância de pontos a ser consumida diariamente, e assim, ao comer algo com mais pontos em uma refeição, você poderá reduzir os pontos em uma outra refeição do dia.

Leia também: Kifina funciona

Dieta Jenny Craig
Essa dieta contraria muitas dietas que sustentam o argumento de que é necessário ficar sem comer para emagrecer. Essa é uma dieta fácil para emagrecer, pois você deverá realizar cinco refeições por dia. Possivelmente, para pessoas que estão adaptadas a comer uma quantidade restrita de alimentos, essa dieta pode se tornar difícil, mas não é.

Você não passará fome, o que contribuirá inclusive para reduzir intensidade de pontos negativos como ansiedade e compulsão alimentar. Ela pode ser de prática fácil, já que recomenda o consumo de refeições pré-embaladas, ou seja, você apenas se preocupará em ingerir os alimentos. Há diversas pessoas que lidam com uma rotina atribulada e não possuem tempo disponível para preparar suas refeições saudáveis, o que é utilizado como argumento para adiar a adoção de uma dieta, e é exatamente nesse aspecto em que essa dieta se destaca.

O programa é dividido em três fases, e estas são adequadas de acordo com os valores de calorias, para que assim ocorra a adição de alimentos até uma alimentação voltada para a manutenção do peso conquistado. Essa dieta é realizada junto com a orientação de um material escrito e profissionais capacitados.

Dieta Flexitariana
Essa dieta é muito popular no Reino Unido e nos Estados Unidos. Ela consiste na recomendação de uma alimentação vegetariana durante o dia, para que à noite você possa desfrutar daquelas delícias que são tentações para pessoas que desejam perder peso, mas não sabem como adequá-las a um plano alimentar eficiente.

ARTIGOS COMPLEMENTARES
A Dieta Ravenna: Como Funciona, Cardápio e Dicas
A Dieta da Banana – Como Funciona, Cardápio e Dicas
10 Hábitos Que Fazem Você Comer Demais e Como Mudá-los
A Dieta do Iogurte: Como Funciona, Cardápio e Dicas
O lema é que nada é proibido na dieta, mas é fundamental que você reconheça que deve comer com moderação. É recomendado o consumo de frutas, vegetais e até grãos saudáveis. Deve-se incluir eventualmente o consumo de carne, mas a frequência pode ser adequada de acordo com as características pessoais. Não há proibições , mas o objetivo é reduzir o consumo de carnes e aumentar a ingestão de vegetais.

Dieta da água
Essa pode ser caracterizada como uma dieta fácil para emagrecer porque você apenas deverá consumir dois copos de água alguns minutos antes das refeições. A bebida é apontada como um dos principais aliados para a perda de peso, e é exatamente devido a esse argumento em que ela é escolhida para contribuir para o sentimento de saciedade e ainda auxiliar no funcionamento da flora intestinal.

A dieta recomenda que o consumo calórico seja extremamente restrito, então, não pense que você poderá continuar comendo de forma irregular e ainda emagrecer. Limita-se o consumo a 200 calorias por dia. Evidentemente que essa dieta não possui comprovações de eficiência, mas há inúmeras pessoas que a utilizam para conquistar efeitos emergenciais, mesmo contribuindo negativamente para a saúde. Essa dieta pode ser fácil, pode emagrecer rapidamente, mas é fundamental que se reconheça que ela não só eliminará gorduras, mas também nutrientes fundamentais para o equilíbrio de seu organismo.

Dieta do iogurte
Aqueles que desejam perder peso podem adotar a dieta do iogurte. Ela pode fornecer uma perda de peso rápida. O iogurte tem se tornado uma das principais escolhas para refeições de pessoas que estão em dieta. O alimento é pouco calórico e ainda pode fornecer alguns nutrientes que podem beneficiar a sua saúde. As opções mais saudáveis de iogurtes contêm menos calorias e ainda podem fornecer proteínas, Cálcio e gorduras boas. Essa dieta elimina a possibilidade de ingerir alimentos gordurosos, frituras e doces, além de inserir o iogurte nas refeições intermediárias do cardápio.

 

Dieta das notas
Essa dieta se assemelha à dieta dos pontos. Você não contabilizará as calorias ingeridas, mas sim as notas referentes a cada porção e alimentos. Essa dieta é muito conhecida devido à alta adoção de celebridades. A dieta se torna ainda mais fácil, pois você poderá preparar refeições que já possuem notas contabilizadas. O seu favoritismo também é justificado pela permissão de ingestão de alimentos que não são permitidos em outras dietas.

A orientação principal dessa dieta fácil é que você contabilize as notas e desfrute de forma responsável das exceções permitidas no plano alimentar escolhido. O número de notas diárias é adequado de acordo com a altura de cada pessoa. Recomenda-se que após a conquista do peso desejado, você adicione o consumo de 40% das notas permitidas anteriormente.

Leia também: Phytophen

Dieta da sopa
A refeição é de fácil preparo e principalmente digestão. A ideia de que uma digestão fácil auxilia no processo de emagrecimento é objeto de estudo para diversas pesquisas. Afirma-se que quanto mais rápida for a digestão, mais benefícios poderá obter para a perda de peso. Como se esse fosse o único beneficio, a sopa ainda pode ser muito nutritiva, o que contribui para a saúde de seu organismo. Basta que você prepare as sopas com alimentos com propriedades benéficas à sua saúde. É recomendado que você consuma sopa no almoço e na janta. As refeições intermediárias podem conter frutas e alimentos que também sejam “facilmente digeridos”.

Dieta Paleolítica
Essa dieta ressalta que os alimentos industrializados e os costumes atuais são os responsáveis pelo descontrole de peso e casos de obesidade que poderiam ser evitados, mas a reflexão mais comum é: como todos poderiam manter um corpo em forma?

Pois é, a proposta da dieta Paleolítica é retornar à alimentação de um homem das cavernas. Não se assuste com o termo, mas a ideia é que você ignore todas as inovações referentes à alimentos industrializados e que causam desequilíbrio ao seu organismo.

Essa dieta é apontada como positiva para reduzir a ocorrência de diabetes, doenças do coração e até distúrbios metabólicos, o que resultam nos casos de obesidade. A dieta recomenda o consumo apenas de alimentos naturais, ou seja, vegetais e até proteínas de carnes, porém, sem qualquer uso de conservantes ou substãncias que comprometam as propriedades reais dos alimentos. O feijão e algumas leguminosas são eliminados do plano alimentar, exatamente com a finalidade de reduzir a ocorrência de doenças.

Dieta Dash
Essa dieta foi criada através de estudos voltados para a redução de pressão arterial. O Sódio é um nutriente que se consumido de forma irregular pode contribuir para o aumento da pressão arterial. Ele, se consumido em altas dosagens, também pode contribuir para retenção de líquidos, consequência a qual pode dificultar a perda de peso.

Essa dieta fácil de seguir é voltada para a restrição e busca pelo consumo mínimo de Sódio nas refeições, para que assim a pressão baixa e a retenção de líquidos mantenham-se baixas. A restrição alimentar se estende aos alimentos gordurosos, frituras e doces que auxiliam no aumento de possibilidade de ocorrência de doenças. Prega-se o consumo de alimentos naturais, como frutas, vegetais, grãos e alimentos com pequenas porcentagens de gordura.

Dieta mediterrânea
A dieta mediterrânea recomenda o consumo de alimentos que são muito comuns em refeições típicas da região mediterrânea como o azeite de oliva, assim como vinho tinto. Não pense que o plano alimentar possui dificuldade, muito pelo contrário, essa é uma dieta fácil e que pode ser facilmente realizada junto à sua rotina.

Ela popularizou-se devido aos estudos realizados para comprovar que pode auxiliar na redução da probabilidade de ocorrência de doenças. A dieta pode ser facilmente adotada, pois não exige grandes restrições, além de permitir o consumo de massas, o que convence os amantes da culinária a adotarem-na para o seu bem-estar. É recomendada a redução de consumo de carne vermelha, assim desviando o consumo de proteínas para peixes e carnes magras.

Dieta do chá verde
A bebida é reconhecida como uma das aliadas à perda de peso. Afirma-se que o chá verde pode contribuir para a perda de peso através de seu efeito termogênico, assim contribuindo para a queima de calorias constante. Essa dieta apenas recomenda que o chá verde seja consumido nas refeições intermediárias junto com frutas e alimentos naturais. Beber o chá em torno de 15 a 30 minutos antes das refeições também pode contribuir para que você se sinta previamente saciado, assim contribuindo indiretamente para que você consuma menos calorias na próxima refeição. O chá verde também pode ser uma ótima opção para você consumir no período noturno, já que refeições leves são fundamentais para garantir um sono tranquilo e revigorante.

Dieta da maçã
Essa dieta recomenda o consumo da fruta para você perder peso e entrar em forma do jeito que deseja. Essa pode ser considerada uma dieta fácil para emagrecer, pois exige basicamente que você consuma 1 maçã antes de cada refeição principal de seu plano alimentar.

Essa dieta é apontada por contribuir para a perda de até 5 quilos em 5 dias, mas esse resultado, obviamente, pode ser variado de acordo com o funcionamento particular de cada organismo. A fruta é pouco calórica e ainda pode oferecer diversos benefícios para a sua saúde. Essa dieta não permite o consumo de carne vermelha, e o consumo de café e alimentos com teores de cafeína são permitidos apenas no período da manhã.

Dieta do leite
A dieta do leite recomenda que o leite seja inserido em todas as refeições diárias. Na verdade, trata-se de uma alimentação bastante restrita, assim reduzindo as refeições ao leite. A dieta ressalta os três nutrientes fundamentais para o bom funcionamento do organismo: os carboidratos, as proteínas e a gordura boa, e é levando-os em consideração que você deverá criar o seu plano alimentar.

O Cálcio contido na bebida pode auxiliar a saúde de seus ossos e ainda contribuir para que as gorduras sejam melhor metabolizadas. Essa dieta conta com uma versão mais radical e outra que pode ser utilizada para a manutenção da boa forma conquistada.

Dieta da Clínica Mayo
Ela é reconhecida como uma dieta motivadora para você conquistar o corpo desejado. Essa dieta foi reconhecida internacionalmente e recomendada devido à sua eficiência. O plano alimentar dessa dieta fácil objetiva a prevenção de doenças que podem prejudicar o seu organismo durante o processo de emagrecimento e também posteriormente.

Leia também: Kifina bula

A dieta da Clínica Mayo pode ser dividida em fases e a primeira é dirigida para a interrupção dos hábitos que não são caracterizados como saudáveis e principalmente, prejudiciais à sua saúde. A segunda fase é destinada à adoção de uma alimentação regrada de acordo com a pirâmide alimentar, ou seja, não há cortes calóricos, mas sim adoção de refeições com porções saudáveis de cada nutriente.

Dieta TLC
Essa dieta pode ser utilizada como referência, pois o objetivo principal não é auxiliar na perda de peso, mas sim na busca por um melhor estado de saúde. Essa dieta foi criada para auxiliar na redução do nível do colesterol ruim, o LDL. Sua adoção pode reduzir a possibilidade de ocorrência de doenças cardiovasculares e perda de gorduras prejudiciais ao funcionamento correto do organismo.

Essa dieta é dividida em fases e necessita de um acompanhamento médico contínuo. Ela pode ser facilmente adaptada à sua rotina, pois apenas elimina ou restringe o consumo de alimentos ricos em gordura. Ela é uma dieta fácil, mas pode se tornar pouco motivadora, já que não permite exceções.

Dieta do tipo sanguíneo
Pois é, essa é uma dieta em que você poderá adequar seu plano alimentar de acordo com o seu respectivo tipo sanguíneo. Afirma-se que as pessoas possuem características referentes ao seu tipo sanguíneo, assim induzindo ao consumo de alimentos que possam contribuir para a ocorrência de reações benéficas ao seu corpo. Se a dieta do tipo sanguíneo for adotada de forma correta, afirma-se que ela pode acelerar a perda de peso, pois influenciará diretamente no funcionamento do metabolismo basal. Essa é uma dieta fácil, basta que você saiba qual a lista de alimentos permitidos para o seu tipo sanguíneo.

Dieta do jejum
Muitas pessoas acreditam que só é possível emagrecer se não comer. Esse equívoco é mais comum que imaginamos. Essa dieta se tornou conhecida após a publicação de um best seller chamado “The Fast diet”, em que essa dieta é remetida ao nome de “dieta do jejum intermitente”.

Profissionais da saúde não aceitam as recomendações e ressaltam que a prática de jejum durante períodos prolongados pode ocasionar consequências até irreversíveis para seu corpo. A dieta não exige nada especifico, apenas que você não coma, o que pode também ser reconhecido facilmente como uma loucura.

A recomendação é que você coma normalmente durante 5 dias consecutivos, mas nos dias seguintes é permitido apenas o consumo de ¼ das calorias consumidas. Essa dieta é adotada com permissão de 500 calorias para mulheres e 600 para homens. O perigo dessa dieta pode ser identificado na adoção incorreta por parte das pessoas. Elas ignoram as recomendações e estendem esse jejum por tempo indeterminado, assim prejudicando à qualidade de vida.

Dieta Detox
Essa dieta é voltada para pessoas que desejam fazer uma limpeza em seu organismo. A desintoxicação pode favorecer a eliminação de toxinas e ainda contribuir para o funcionamento regular da flora intestinal. A desintoxicação deve ocorrer em um pequeno período de tempo e ser seguida de um plano alimentar rico em alimentos naturais e eficientes no fornecimento de substâncias benéficas para o melhor comportamento de seu organismo.

A dieta detox pode eliminar inchaços e desconfortos abdominais. Ela é muito adotada por pessoas que se sentem desconfortáveis após exagerarem em ocasiões especiais. Ela pode oferecer sentimento de motivação para a adoção de um cardápio saudável permanentemente.

Dieta da batata doce
Essa dieta fácil de ser adotada é para contrariar aquelas pessoas que afirmam que os carboidratos devem se manter longe das dietas de perda de peso. A batata doce é um dos alimentos que mais se destacam entre as fontes de carboidratos. Ela pode favorecer a sua perda de peso, pois é um carboidrato complexo, aquele que pode ser digerido em um período maior de tempo, assim mantendo você saciado por mais tempo, o que evita que você consuma mais alimentos fora do horário reservado para a refeição. A batata doce também pode contribuir para aquelas pessoas que não só desejam perder peso, mas atentam para o crescimento muscular.

Dieta das cores
Todos já ouvimos falar que uma refeição perfeita é aquela que conta com alimentos de diversas cores. Essa dieta fácil de ser seguida foi criada exatamente para reafirmar esse conceito. Os alimentos podem ser divididos em 6 diferentes cores, e esses devem estar presentes em todas as refeições de seu plano alimentar diário. Cada coloração possui propriedades referentes a vitaminas e substâncias que favorecem o funcionamento do organismo, ou seja, quanto mais colorida for a sua alimentação, maior será a ingestão de nutrientes.

Recomendações
Perder peso não se limita apenas à adoção de uma dieta fácil, muito pelo contrário. Mudanças corporais exigem novos hábitos e principalmente que você mova o seu corpo. Os exercícios físicos garantirão que você queime mais calorias diariamente, assim tornando seu consumo sempre inferior.
A adoção de uma dieta deve ser acompanhada de um médico, pois apenas ele poderá alertar sobre os possíveis efeitos secundários e principalmente, reconhecer se ela está oferecendo os resultados esperados ou não.
Essas dietas não devem ser adotadas sem a avaliação de um médico, mas é fundamental ressaltar que crianças, idosos, mulheres em fase de amamentação, gestantes e pessoas com problemas de saúde não adotem quaisquer planos alimentares restritos.